Benefícios do Café

Benefícios do Café

Composição Química do Café Filtrado

A tabela abaixo aponta a composição química média presente em uma xícara de café filtrado:

Nutrientes Café filtrado – 50 ml (uma xícara)
Calorias = 3 kcal
Proteína = 0.35g
Lipídio = 0,5g
Carboidrato = 0,75g
Cálcio = 1,5 mg
Magnésio = 3mg
Fósforo = 3mg
Ferro = 0,01mg
Sódio = 0,7mg
Potássio = 39 mg
Cobre = 0,005 mg
Zinco = 0,025 mg
Vitamina B3 (Niacina) = 0,025 mg
Vitamina B1 (Tiamina) = 0.005 mg
Vitamina B2 (Riboflavina) = 0.005 mg
Ácido Clorogênico = 500mg
Cafeína = 100mg
Fonte: Associação Brasileira da Indústria de Café.

Dose Recomendada de Café

A dose recomendada de café é variável. A média diária é entres três e quatro xícaras de 50 ml para pessoas em condições saudáveis.

Como Consumir Café

Os cuidados que nós temos com os grãos e pó de café são essenciais para a que a bebida mantenha a sua qualidade. Portanto, o café deve ser armazenado da maneira correta: após a embalagem ser aberta você deve guardar o pó em um pote exclusivo para o seu armazenamento, que tampe corretamente, vedando totalmente. Guardar na geladeira é o mais indicado, pois isso evita a oxidação do alimento.

Outro cuidado que você deve ter é em relação à qualidade da água que será usada no preparo da bebida, para que todos os benefícios do café possam ser aproveitados. É importante que o café seja consumido logo após o seu preparo, pois 30 minutos após estar pronto, o café começa a perder o seu sabor, o seu aroma e os seus nutrientes.

Apesar do café geralmente ser adoçado com açúcar ou adoçante antes de ser consumido, o ideal é que a bebida seja consumida pura. A popular combinação de café e leite também deve ser evitada, uma vez que a cafeína compromete a absorção do cálcio presente no leite. O café traz mais benefícios para a saúde quando consumido de forma pura. Também é bom que você evite ingerir café no final da tarde e/ou começo da noite, uma vez que a bebida dá energia e pode, portanto, prejudicar o sono.

Veja o que a ciência diz dos benefícios do café

A cafeína é uma bebida muito usada para aumentar o desempenho em atividades diárias. O estimulante de sabor amargo acelera o sistema nervoso central, o que faz a pessoa se sentir acordada, alerta e com mais energia. Veja algumas descobertas recentes a seguir referentes ao consumo do café:

FAZ BEM PARA MEMÓRIA

Uma pesquisa de cientistas da Universidade Johns Hopkins concluiu que duas xícaras de café podem fazer muito bem para a memória. O estudo testou a memória de 160 voluntários durante 24 horas. O grupo incluiu pessoas que não bebiam café regularmente. Durante o experimento, os cientistas observaram que quem tomou comprimidos de cafeína teve um desempenho melhor nos testes de memória do que as que ingeriram placebos. Michael Yassa, líder do estudo, concluiu que a cafeína faz bem para a memória de longo prazo ao melhorar o processo de consolidação da memória. Mas também ficou comprovado que a cafeína não ajuda a recuperar a memória. Apesar dos resultados promissores, Yassa alerta que as pessoas não devem beber muito café ou tomar comprimidos de cafeína. É preciso ingerir a bebida com moderação e sem se esquecer dos riscos para a saúde. O excesso de cafeína tem efeitos colaterais, como insônia, nervosismo e alteração do ritmo cardíaco.

SALVA A VIDA DE MOTORISTAS

Um estudo publicado no British Medical Journal descobriu que motoristas que consomem café têm 63% menos chances de se envolver em acidentes. Os cientistas acompanharam 1.047 motoristas. Cada participante deveria dirigir um caminhão com pelo menos 10 toneladas e percorrer pelo menos 200 km. De todos os motoristas, 530 já tinham se envolvido em acidentes automobilísticos enquanto trabalhavam nos 12 meses anteriores ao começo do estudo. Os cientistas também consideraram o peso dos motoristas, a rotina de trabalho, de exercícios e de sono, o consumo de álcool e as distâncias percorridas. Os resultados mostraram que os motoristas que consumiram substâncias com cafeína tinham uma probabilidade 63% menor de dormir ao volante em comparação com os motoristas que não tomam cafeína. Ou seja, o consumo de cafeína pode manter o motorista acordado pode protegê-lo do sono e salvar sua vida. Porém, os cientistas destacam que o efeito estimulante da cafeína não é duradouro e que não deve ser considerada uma substituta ao sono.

AJUDA A EVITAR A DEPRESSÃO FEMININA

Uma pesquisa da Harvard School of Public Health (HSPH) concluiu que mulheres que bebem café possuem menos chances de desenvolver a depressão. Segundo o estudo, o índice de manifestação da doença é 20% menor no grupo de mulheres que ingere quatro ou mais xícaras da bebida ao longo do dia. Os pesquisadores estudaram 50 739 mulheres, com idade média de 63 anos. Elas estavam livres da doença quando o estudo começou em 1996.